Saturday, February 26, 2005

 

Aquiq IV: Formato da petição e sua divulgação

"(...) Por favor não comeces uma dessas petições que nos enchem o e-mail de lixo.
Se estiveres interessado em petições há um site (
Petitionline) que mantém petições de maneira séria e provavelmente mais eficiente.
O sistema não é perfeito porque para divulgar a petição tem que se usar o método de enviar para 10 amigos, mas provavelmente poderias divulgá-la através dos blogs. E se a petição é realmente séria o promotor pode pedir uma autenticação da petição.
(...)
Se enviares o anúncio dessa eventual petição a vários amigos utiliza sempre o Bcc e pede a quem a reencaminhar também o fazer [porque mantém a confidencialidade, pois ao enviar para 10 pessoas uma mensagem em "Bcc" em vez de "To", cada pessoa que a recebe sabe de quem veio a mensagem, mas não fica a saber quem são nem os endereços de e-mail dos outros destinatários.]
(...)
Mas isto das petições tem que se lhe diga, tem que ter textos e objectivos claros (não necessariamente uma proposta - como viste em cima, há problemas com todas as alternativas por isso uma proposta pode levar algumas pessoas a não concordar), tem que ter um plano de acção claro e um tempo definido (plano de acção para a petição, quando deverá ser apresentada), com data de início e proponente claro.
(...)"

Pontos relevantes neste texto*:

1) organizar a petição de uma forma séria e autenticada;
2) de forma a que as pessoas realmente a leiam e reenviem (apesar de provavelmente não fazer muito diferença, eu, pelo menos, apago quase todos os forwards que recebo desse género... sim, sou um sacanita, eu sei... :-) );
3) divulgar através da blgosfera, nomeadamente através do dia do blogue, uma ideia já proposta pelo Átomo;
4) formato da mesma;
5) aconselhar o uso do Bcc.

* - Texto de Aquiq, recebido por e-mail, editado conjuntamente e publicado após autorização do autor.
Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?